A revalorização do africano

Luis Manana de Sousa

Resumo


RESUMO

O tema apresentado neste artigo problematiza a questão básica do papel da literatura na construção da identidade “nacional”, no desenvolvimento da identidade política e cultural de um moderno estado - nação como Moçambique.
A Literatura é a componente central da identidade cultural de
todos os modernos estados-nação. Antes da independência, os escritores africanos nas colónias portuguesas puderam expressar algumas formas de autonomia cultural, ainda que tivessem cuidado com a censura – como é evidente na poesia do moçambicano José Craveirinha e Noémia de Sousa, ambos mostrando no seu trabalho, uma consistente fonte de inspiração e influência dos temas dos movimentos negros norte-americanos.

ABSTRACT

The subject presented in this article raises the basic question
of the role of literature in the construction of the “national” identity, in the development of the cultural and political identity of a modern nation-state like Mozambique. Literature is a central component of the cultural identity of all modern nation-states. Before independence, African writers in the Portuguese colonies could express some form of cultural autonomy, even if they had to be mindful of censorship - as is evident in the poetry of the Mozambican José Craveirinha and Noémia de Sousa, both display in they work consistent North American black themes, as a source of inspiration and influence.

Texto Completo: PDF