A mulher oriental em duas escritas da Ásia portuguesa – Deolinda da Conceição (Macau) e Vimala Devi (Goa)

  • Everton V. Machado Universidade de Lisboa

Resumo

Este artigo explora, na perspectiva do Orientalismo e da subalternidade
feminina, duas obras ficcionais do espaço asiático de língua portuguesa: Cheong Sam – A Cabaia (1956), da macaense Deolinda da Conceição, e Monção (1963), da goesa Vimala Devi, ambos livros de contos, entre desconstrução e reiteração da imagética europeia acerca do Oriente.

Palavras-chave. Ásia portuguesa, Goa, Macau, Mulher, Orientalismo,
Subalternidade.
Publicado
Aug 2, 2015
Como citar
MACHADO, Everton V.. A mulher oriental em duas escritas da Ásia portuguesa – Deolinda da Conceição (Macau) e Vimala Devi (Goa). Babilónia - Revista Lusófona de Línguas, Culturas e Tradução, [S.l.], n. 13, aug. 2015. ISSN 1646-3730. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/babilonia/article/view/5159>. Acesso em: 27 june 2017.