O registo no sistema e posterior acesso ou autenticação são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Condições para Submissão

    Os Cadernos de Sociomuseologia não cobram encargos financeiros para o processamento e submissão de artigos.

    Por favor siga as seguintes 6 etapas do processo de submissão para submeter um artigo. SE não está familiarizado com o OJS ou encontra alguma dificuldade, por favor visione este vídeo tutorial ou entre en contato com a nossa Equipa de apoio

    Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

    1- A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".

    2- Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF

    3- URLs para as referências foram informadas quando necessário.

    4- O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento, como anexos.

    5- O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Directrizes para Autores, na secção Sobre a Revista.

    6- A identificação de autoria do trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista

    -------------------------

    Conditions for Submission

    The Journal of Sociomuseology has no article processing charges and has no article submission charges.

    Please follow this simple 6-step submission process to add an article. If you are not familiar with the OJS or experience any difficulties, please preview this tutorial video or contact our support team.

    As part of the submission process, authors are required to check off their submission's compliance with respect to all items listed below. Submissions that do not comply with the standards will be returned to authors.

    1- The submission has not been previously published, nor is it before another journal for consideration (or an explanation has been provided in Comments to the Editor).

    2- The submission file is in OpenOffice, Microsoft Word, RTF, or WordPerfect document file format

    3- Where available, URLs for the references have been provided.

    4- The text is single-spaced; uses a 12-point font; employs italics, rather than underlining (except with URL addresses); and all illustrations, figures, and tables are placed within the text at the appropriate points, rather than at the end

    5- The text adheres to the stylistic and bibliographic requirements outlined in the Author Guidelines, which is found in About the Journal

    6- The identification of authorship of the work was removed from the file and from the Properties options in Word, thus ensuring the confidentiality of the revised criteria, according to instructions available in Ensuring Blind Peer Evaluation.

     

Instruções para Autores

Directrizes para Autores
  1. Os artigos devem ser originais, redigidos preferencialmente em português, galego, inglês, espanhol e francês ou segundo as indicações dos editores dos números temáticos e respectivos call for papers.
  2. Deverão ser submetidos on line, depois de registo, no site dos Cadernos de Sociomuseologia, no seguinte endereço:http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia
  3. A submissão será feita sob anonimato, isto é, o artigo não deverá ter qualquer referência nem aos autores nem à instituição a que pertencem. Os dados pessoais serão inseridos em página separada; os artigos submetidos por e-mail deverão ter a identificação, dados pessoais, email e afiliação institucional em página separada.
  4. Formatação: Tamanho de letra: Times New Roman, 12; Espaço 1,5 justificado em ambas as margens não inferiores a 3 cm. As citações a partir de 4 linhas devem conter espaço simples, recuo à esquerda e à direitas de 4 centímetros e fonte 11. As notas devem estar no final do texto (Times New Roman, 10; espaço simples). Os artigos devem ter um mínimo de 30 000 e o máximo de 40 000 caracteres (com espaços) incluindo gráficos, quadros, imagens, notas de fim de texto e referências bibliográficas.
  5. Os artigos devem ser acompanhados, no início, de um resumo em português e outro em inglês, (1200-1500 caracteres com espaço) e 3 a 5 palavras-chave separadas por ponto e vírgula. O resumo deve explicitar o tema geral, a problemática, os objectivos, a metodologia e as principais conclusões.
  6. Todos os autores que submetam os seus artigos para publicação nos Cadernos de Sociomuseologia assumem o compromisso de não os submeter a outras revistas a não ser que os artigos não sejam publicados no prazo de um ano. E, simultaneamente, conferem à redacção dos Cadernos de Sociomuseologia (CSM) os direitos de indexação, em redes internacionais.
  7. Os conteúdos dos textos e as opiniões neles expressas, tal como a referência a figuras ou gráficos já publicados, são da exclusiva responsabilidade dos autores.
  8. Se o artigo não for publicado no prazo de 6 meses, o autor poderá submetê-lo a outras publicações com informação prévia à direcção dos CSM.
  9. As normas de referência bibliográfica seguidas pelos Cadernos de Sociomuseologia são as da APA (American Psychological Association): as citações bibliográficas devem ser inseridas no corpo do texto, de acordo com as mesmas normas. As notas, quando as houver, devem surgir no final do texto, antes das referências bibliográficas. As Referências Bibliográficas não devem exceder as 25.

 

  1. Artigo publicado em revistas científicas: Cerqueira, M. F. Martins, A. O. (2011). A consolidação da educação e formação profissional na escola secundária nos últimos 50 anos em Portugal. Revista Lusófona de Educação, 17, 123-145.
  2. Livro de um único autor: Teodoro, A. (2010). Educação, Globalização e Neoliberalismo. Os novos modos de regulação transnacional das políticas de educação. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.7
  3. Livro de mais do que um autor: Fernandes, R., Lopes. A. & Filho, L.M. de F. (Org.) (2006). Para a compreensão histórica da infância. Porto: Campo das Letras.
  4. Capítulo de livro: Zabalza, M. A. (2003). A construção do currículo: a diversidade numa escola para todos. In O. C. de Sousa & M. M. C. Ricardo (Org.). Uma escola com sentido: o currículo em análise e debate (pp. 171-194). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
  5. Dissertações não publicadas: Mendes, M. M. C. (2004). As faces de Janus. As políticas educativas em matéria de cidadania nos anos 90 em Portugal. Dissertação de Mestrado. Lisboa: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.
  6. Teses não publicadas: Coimbra, M. N. C. T. (2011). O Círculo de escrita. O texto argumentativo e a consciência metalinguística no ensino secundário. Tese de doutoramento. Lisboa: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.
  7. Artigos consultados em indexadores electrónicos: Brás, J.G. & Gonçalves, M.N. (2009). Os saberes e poderes da reforma de 1905. Revista Lusófona de Educação,13, 101-121 [Disponível em http://www.scielo.oces.mctes.pt/pdf/rle/n13/13a07.pdf, consultado em 24/04/2012].