CAMINHOS E PERCURSOS DA MUSEOLOGIA COMUNITÀRIA

  • Odalice Miranda Priosti Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
  • Yára Mattos Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

São apresentadas, a partir da Carta de Belém, construída no âmbito do Seminário de Implantação do Ecomuseu da Amazônia, numa iniciativa da ABREMC e da Organização do referido evento , reflexões e análises sobre as propostas elaboradas. A idéia central desta participação é destacar os aspectos fundamentais das propostas contidas na Carta de Belém, pontuar os aspectos dialéticos e dialógicos das questões, com vistas à solução de problemas comuns aos ecomuseus, museus comunitários, museus territórios e processos similares nesse fórum aqui entendido como espaço de idéias, de diálogos, de discussão, de argumentação , onde a dialética combina a arte do diálogo ou da discussão e da argumentação com a dialógica das falas alternadas com o objetivo de manter o entendimento entre pensamentos diferenciados.

 

PALAVRAS-CHAVES Diálogo, Participação, Respeito à diferença

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Como citar
PRIOSTI, Odalice Miranda; MATTOS, Yára. CAMINHOS E PERCURSOS DA MUSEOLOGIA COMUNITÀRIA. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 28, n. 28, july 2009. ISSN 1646-3714. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/513>. Acesso em: 19 apr. 2019.