Abordagens e discussões sobre o espaço museal, a patrimonialização e a comunicação cultural no estudo comparativo entre Museu e Sala de Milagres do Santuário do Bomfim, em Salvador, Bahia

  • Genivalda C. Silva

Resumo

A pesquisa realizada teve como objetivo analisar como as práticas ex-votivas, presentes no Santuário do Bomfim, se vinculam à cultura popular dos pagadores de promessa que são inerentes as classes sociais que transitam livremente pela sala de milagres, e os objetos ex-votivos que são museografados no Museu dos Ex-votos. notou-se a necessidade de realizar a interpretação e elucidação das novas dimensões e significados culturais da arte e da religiosidade popular abordando os seguimentos conceituais dos termos que circundam e representam a história e formação do Santuário do Senhor do Bomfim, como: o sacro e o profano, a estética, a folkcomunicação e a museologia que são temas transversalizados que, ao final dos estudos percebemos estarem intrinsecamente vinculados. Elucidando assim a compreensão, como se dá a sua contextualização com os ambientes trabalhados e as diferentes formas comunicacionais, a qual, é propiciada nos espaços abordados na pesquisa.


Palavras-chave: ex-votos, sala de milagres, Museu dos Ex-votos, patrimonialização, comunicação, Santuário do Senhor do Bomfim.

Publicado
May 30, 2017
Como citar
SILVA, Genivalda C.. Abordagens e discussões sobre o espaço museal, a patrimonialização e a comunicação cultural no estudo comparativo entre Museu e Sala de Milagres do Santuário do Bomfim, em Salvador, Bahia. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 9, n. 53, may 2017. ISSN 1646-3714. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/5906>. Acesso em: 28 june 2017.