A presença africana e afro-brasileira nos museus de Santa Catarina

  • Maristela Simão

Resumo

A presença africana e afro-brasileira nos museus de Santa Catarina


Maristela Simão


Nessa tese, buscamos investigar e discutir a forma como africanos e afro-brasileiros estão representados nas instituições museológicas do estado de Santa Catarina, sul do Brasil. Mas, acima de tudo, compreender como essas instituições têm atuado como ferramentas de construção/anulação de identidades a partir de representações, presenças e ausências, no caso específico das populações de origem africana. Buscamos identificar e apresentar propostas que possam contribuir para uma política pública para o setor. Desta forma, em um primeiro momento, procuramos compreender as políticas públicas voltadas para os museus e suas interfaces com as políticas de promoção de igualdade racial, voltadas para populações afrobrasileiras e suas articulações em nível federal. Em um segundo passo, focamos em Santa Catarina, procurando compreender as relações entre essas políticas, a preservação de patrimônios e realizar um estudo acerca dos museus do estado e as políticas em que estão inseridos, em nível estadual e nacional. Também, a partir da aplicação de um instrumento de pesquisa, procuramos mapear os museus em Santa Catarina que têm em seu acervo coleções e objetos relativos às populações de origem africana, bem como os representam nas exposições e outras atividades, e também como percebem a temática em suas instituições. E a partir do diagnóstico e tabulação dos dados, partimos de uma abordagem histórica desse processo, delineando as mentalidades que marcaram a construção das identidades no estado. E, por fim, buscamos atuar no campo a partir das premissas da museologia social, com a proposição de ações, que chamamos de ação afirmativa de caráter museológico, iniciativas de formação e capacitação sobre museu, memória e cultura afro-brasileira, visando contribuir para a construção de políticas públicas que articulem museu e promoção de igualdade racial, que contribuam para a valorização da diversidade e no fortalecimento da luta antirracista no estado de Santa Catarina.


 


Palavras-Chave: Museus – Memória – Patrimônio – Afro-brasileiros – Santa Catarina


 

Publicado
Jun 13, 2018
Como citar
SIMÃO, Maristela. A presença africana e afro-brasileira nos museus de Santa Catarina. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 55, n. 11, june 2018. ISSN 1646-3714. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/6368>. Acesso em: 18 dec. 2018.
Secção
Teses & Dissertações concluídas no Dep. de Museologia da ULHT