O amor como caminho: ao encontro da educação e do património cultural

  • Luísa Janeirinho

Resumo

A importância da educação (aquela que não é só a dos currículos e do poder) e do património cultural (aquele que é das comunidades) não sucumbiu à derrocada e à mudança do paradigma de uma sociedade sólida para líquida – como nos lembra Bauman – assim como aqueles que durante anos fizeram da educação e do património a sua luta e a sua política de intervenção, patentes nos múltiplos projetos anónimos, particulares e silenciosos (ou silenciados). 


Os tempos atuais mostram que esta intervenção - que une a educação e o património cultural – encerra uma sensibilidade, uma poética, uma arte, uma política, pois devolver a educação ao cerne da emancipação e o património cultural às comunidades, é uma forma de cidadania de intervenção, de desenvolvimento social e de poder de autodeterminação.


 Palavras chave: Educação, património, cidadania, desenvolvimento, interculturalidade, empreendedorismo cultural.

Publicado
Dec 16, 2018
Como citar
JANEIRINHO, Luísa. O amor como caminho: ao encontro da educação e do património cultural. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 56, n. 12, dec. 2018. ISSN 1646-3714. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/6526>. Acesso em: 21 jan. 2019.