Valorização e Musealização do Património no Meio Urbano

  • Maria Catarina Figueiredo

Resumo

RESUMO


Esta tese centra-se na musealização das pinturas murais na época do Estado Novo na cidade de Lisboa de particular relevância histórica e museológica. Pretende-se assim relacionar a museologia com o património mural, tendo como base a identificação dos locais de pintura mural, bem como os edifícios onde estas estão inseridas, analisando a sua perspetiva histórica, os seus autores/encomendadores e o enquadramento sociocultural que prevaleceu outrora.


Para a disseminação do conhecimento sobre a arte mural no “modernismo” nacional, teve-se em consideração toda a envolvente “sacralizada” – significado ideológico – e “dessacralizada” dos objetos em estudo e que refletem a sua componente bibliográfica, simbólica e visual, bem como o todo um processo de transmissão de conhecimentos, heranças e memórias coletivas e que são a base da nova museologia social e interdisciplinar.


Particular relevância deve ser tida em conta para as imagens (fotografias) que acompanham o Volume II desta tese e que refletem a procura do autor pelas mesmas no seu espaço-tempo local e virtual, bem como um levantamento sobre o seu estado de conservação atual, das suas técnicas artísticas, envolvente e da bibliografia dos autores que as criaram.


Pode-se assim concluir que o estudo realizado é uma contribuição para a musealização de uma época onde se destacou a pintura mural moderna, esperando-se acima de tudo que este possa vir a contribuir para um maior envolvimento das comunidades naquilo que é o seu (re)conhecimento identitário e as suas memórias.


 


Palavras-chaves: Museologia; Património; Pinturas Murais; Simbologia; Espaços Públicos; Estado Novo


 

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Publicado
Dec 16, 2018
Como citar
FIGUEIREDO, Maria Catarina. Valorização e Musealização do Património no Meio Urbano. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 56, n. 12, dec. 2018. ISSN 1646-3714. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/6532>. Acesso em: 16 july 2019.
Secção
Teses & Dissertações concluídas no Dep. de Museologia da ULHT