Crenças angelológicas no cristianismo primitivo: reflexões a luz do livro de I enoque

  • Filipe de Oliveira Guimarães

Resumo

O livro pseudo epígrafe de I Enoque é de importância ímpar quando se busca acompreensão da epistemologia do cristianismo na sua história primitiva. O escrito, diferente da compreensão popular do mito diluviano, descreve o dilúvio como um acontecimento gerado pela corrupção de seres angelicais, seres humanos e dos descendentes homo-angelicais conhecidos como Nephilins. A pesquisa buscou trazer a tona algumas crenças cristãs acerca dos primórdios da humanidade que foram esquecidasna história por vários séculos. Este descortinar é importante na medida emque dilata o arcabouço da compreensão das crenças cristãs na história, ampliando o conhecimento da mentalidade do cristã em seu primórdio, que é fruto da hermenêuticade seus líderes em diálogo com o livro de I Enoque.
Publicado
Jun 19, 2014
Como citar
GUIMARÃES, Filipe de Oliveira. Crenças angelológicas no cristianismo primitivo: reflexões a luz do livro de I enoque. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], n. 18-19, june 2014. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/4480>. Acesso em: 11 dec. 2017.
Secção
Parte I: Olhares sobre a construção das identidades religiosas ocidentais ...na Antiguidade