A questão da viabilidade de Portugal na obra de Fialho de Almeida: Figuras estereotípicas como ícones da decadência

  • José Eduardo Franco
  • Fernanda Santos

Resumo

O artigo pretende apresentar uma proposta de análise da obra de Fialho de Almeida, tendo por escopo destacar hermeneuticamente a sua função de crítica social. As mentalidades, os comportamentos, as figuras e classes sociais são tratadas na literatura fialhiana como tipos e como expressão de um tempo que é lido à luz do mito da decadência portuguesa que, no final do século XIX e princípios do século XX, conheceu o seu auge, tendo modelado uma visão do passado e questionado fortemente aviabilidade de Portugal como país capaz de garantir uma existência autónoma no curso da história da humanidade.
Publicado
Jun 19, 2014
Como citar
FRANCO, José Eduardo; SANTOS, Fernanda. A questão da viabilidade de Portugal na obra de Fialho de Almeida: Figuras estereotípicas como ícones da decadência. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], n. 18-19, june 2014. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/4485>. Acesso em: 21 oct. 2017.
Secção
Parte II: Olhares sobre a construção das identidades religiosas ocidentais ...na Modernidade