Yorubás e Malês: Conflito e aliança no Brasil escravocrata

  • Lidice Meyer Pinto Ribeiro

Resumo

No período escravocrata brasileiro, diversas etnias africanas foram trazidas indiscriminadamente para o país. Dentre estas, algumas apresentavam já em solo africano sinais de rivalidade política, social e religiosa. Este é o caso das nações Yorubás e Malês, que foram as mais representativas em solo brasileiro. Este trabalho tem como objetivo verificar como, apesar das diferenças, estas duas nações superaram as distâncias que as separavam e se juntaram em prol de uma luta em comum: a conquistada liberdade. Através de diversos autores historiadores e antropólogos, procura-se resgatar os encontros e desencontros das duas religiosidades representadas por estas nações: o candomblé e o islamismo.
Publicado
Jun 19, 2014
Como citar
RIBEIRO, Lidice Meyer Pinto. Yorubás e Malês: Conflito e aliança no Brasil escravocrata. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], n. 18-19, june 2014. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/4489>. Acesso em: 28 mar. 2017.
Secção
Parte II: Olhares sobre a construção das identidades religiosas ocidentais ...na Modernidade