Identidade e alteridade em Teixeira de Pascoaes: Leitura estético-metafísica da figura do Santo como estrangeiro

  • Sofia Carvalho

Resumo

A presente análise estético-metafísica do pensamento de Teixeira Pascoaes, figura incontornável da cultura portuguesa, parte de uma dialéctica de precipitações entre as categorias de identidade e alteridade que não se dissocia de uma cartografia do estrangeiro. A figura do santo recusa a (in)existência pessoal e difunde, no excesso de um processo de saída de si, a admiração do mundo e da alteridade, não como espectador,mas como categoria criativa de todos os existir. O santo propulsiona a tensão plástico-cósmica entre temporal/intemporal e integração/desintegração, numa hierarquia ontocosmogónica que se fundamenta numa metafísica amorosa do procurar(se). Trata-se de uma escatologia do desmascarar ontológico do eu e do absolutamente Outro, o tornar-se estrangeiro nos aspectos plurais de libertação e reclusão.
Publicado
Jun 19, 2014
Como citar
CARVALHO, Sofia. Identidade e alteridade em Teixeira de Pascoaes: Leitura estético-metafísica da figura do Santo como estrangeiro. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], n. 18-19, june 2014. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/4491>. Acesso em: 27 june 2017.
Secção
Parte II: Olhares sobre a construção das identidades religiosas ocidentais ...na Modernidade