O conceito de símbolo em Tillich e Jung

  • Bruno de O. S. Portela

Resumo

O presente estudo tem o intuito de investigar o conceito de símbolo nas considerações teológicas de Paul Tillich e na Psicologia analítica de Carl Gustav Jung, colocando em evidencia as consagradas obras nas quais esses autores fazem referênciaao tema. Assim, é importante delimitar algumas distinções, como os conceitos de sinal e símbolo e sua relação com os tipos de pensamento dirigido e fantasia. Outro fator importante de ser observado consiste na característica do símbolo como parte fundamental da comunicação com as esferas transcendentes e numinosas. Deste modo, objetiva-se colocar em evidência as principais ideias dos autores, estabelecendo ospossíveis paralelos entre a teologia, psicologia e a ligação destes com a religião.
Publicado
Jun 19, 2014
Como citar
PORTELA, Bruno de O. S.. O conceito de símbolo em Tillich e Jung. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], n. 18-19, june 2014. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/4502>. Acesso em: 11 dec. 2017.
Secção
Parte III: Olhares sobre temas definidores do Estudo das Religiões