Contingências do complexo de minoria em sociedades tendencialmente mono-religiosas

o caso português

  • José Brissos-Lino

Resumo

Resumo
A organização das sociedades tendencialmente mono-religiosas, como a portuguesa, desencadeiam um conjunto de constrangimentos de diversa ordem às minorias religiosas, as quais, além da ignorância existente sobre elas, são ainda alvo de marginalização no espaço público e mediático, vendo-se impossibilitadas de prestar contributos significativos para as dinâmicas da sociedade e mesmo para a governação.
Face a estes constrangimentos, as minorias religiosas desenvolvem diferentes estratégias para conseguir superar o complexo de minoria de que sofrem e se tornarem conhecidas, aceites e relevantes, de modo a ocuparem o espaço que lhes pertence por direito.
Palavras-Chave: minorias, complexo, religião.


 


Abstract
The organization of typically single religion societies like the Portuguese reveals a combination of constraints towards religious minorities. They are marginalized in the public space and media, consequence of an existing ignorance of them. These religions find themselves in a difficult place to have significant contributions to society or even the government.
Facing these issues, these religious minorities develop different strategies in order to surpass their minority complex and become known, accepted and relevant so that they occupy the space they deserve by right.
Keywords: minorities, complex, religion.

Publicado
Nov 27, 2017
Como citar
BRISSOS-LINO, José. Contingências do complexo de minoria em sociedades tendencialmente mono-religiosas. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], v. 1, n. 20, nov. 2017. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/6137>. Acesso em: 24 apr. 2018.