Sincretismo religioso judaico-cristão e greco-romano no Bom Jesus do SacroMonte bracarense (Braga – Portugal)

  • Anderson Lino

Resumo

Como objetivo central, apresentar-se-á o sincretismo judaico-cristão e greco-romano por meio da arte barroca representada no Bom Jesus do Sacro-Monte bracarense, localizado no município de Braga, ao norte de Portugal. Esse espaço de devoção se inicia no século XIV, e passou ao controle da Igreja e do Estado lusitano no período de d. João V (1707- 1750). O método utilizado buscou abordar as substituições das inscrições que ligavam as imagens de Salomão, Davi, Isaías, Isaac, entre outros símbolos judaicos, assim como os símbolos greco-romanos, por inscrições que passaram a relacionar essas imagens ao calvário e martírio de Cristo. A análise teórica compreendeu esse sincretismo religioso na longa duração do tempo histórico, e na dialética desse típico Calvário de substituição barroco na via-crucis do Sacro-Monte.


Palavras-chave: sincretismo religioso judaico-cristão e greco-romano; Bom Jesus do Sacro-Monte; Calvário de substituição barroco.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Publicado
Feb 22, 2019
Como citar
LINO, Anderson. Sincretismo religioso judaico-cristão e greco-romano no Bom Jesus do SacroMonte bracarense (Braga – Portugal). Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], v. 21, n. 1, p. 27-39, feb. 2019. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/6666>. Acesso em: 26 june 2019.