Gestor escolar inovador: educação da contemporaneidade

  • António Amorim Universidade do Estado da Bahia

Resumo

Este artigo tem como problemática de análise a questão da gestão escolar, a situação atual e a perspectiva de inovação da gestão da escola básica brasileira. Tem como objetivo fazer uma reflexão em torno do perfil do atual gestor educacional, destacando o sexo, a idade, a formação, o trabalho e a remuneração por sua atuação e desempenho junto às milhares de escolas espalhadas por todo o território nacional. Em seguida, fazemos uma análise dos enfoques da administração, da gestão e da inovação dos processos gestores, definindo o papel do gestor em cada desses enfoques. Utilizamos a abordagem qualitativa de pesquisa, tendo o levantamento bibliográfico como parte instrumental do estudo. Isto porque a pesquisa bibliográfica tem como vantagem a permissão ao investigador de ter uma maior cobertura dos dados e das informações em questão, criando as facilidades para a comparação. Concluímos o trabalho reflexivo apontando as condições necessárias para que seja efetivado um perfil educacional do gestor inovador, aquele profissional que deve atuar na escola e garantir uma nova organização do ambiente pedagógico, das relações humanas, da efetivação de uma educação de qualidade, sendo bem remunerado e capacitado para o exercício de seu trabalho cotidiano.


Palavras-chave: gestão escolar; inovação gestora; admnistração

Publicado
Jun 1, 2017
Como citar
AMORIM, António. Gestor escolar inovador: educação da contemporaneidade. Revista Lusófona de Educação, [S.l.], v. 35, n. 35, june 2017. ISSN 1646-401X. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/5915>. Acesso em: 21 oct. 2017.