A promoção do Letramento Acadêmico em uma disciplina de escrita: contexto universitário brasileiro

  • Bruna Vieira Universidade Estadual Paulista

Resumo

 


Em tempos de Publish or Perish, as habilidades de escrita acadêmica, especialmente em língua inglesa, são cobradas de pesquisadores de todas as áreas do conhecimento ao redor do mundo. Apesar dessa necessidade, um número restrito de cursos de um número ainda menor de universidades brasileiras oferecem disciplinas de escrita acadêmica, levantando o debate sobre a necessidade de multiplicação de disciplinas dessa natureza, e sobre a sua eficiência em preparar os alunos para a comunicação acadêmica. A presente pesquisa teve por objetivo investigar os potenciais da disciplina Metodologia Científica – Redação e Documentação Técnica em promover o letramento acadêmico de graduandos em Ciência da Computação de uma universidade pública brasileira. Para tanto, incialmente, uma investigação quantitiva e qualitativa foi realizada a partir da aplicação de um questionário a 30 egressos da disciplina. A análise das respostas dos alunos mostrou a necessidade de aprofundamento da investigação qualitativa por meio de uma entrevista com a docente e da análise de documentos teóricos e institucionais que regulam e embasam as práticas pedagógicas da disciplina. Os dados levantados nas três investigações foram analisados com base nos Novos Estudos do Letramento e na perspectiva sociorretórica de ensino de gêneros. Os resultados indicam pouco potencial da disciplina em promover o letramento acadêmico dos alunos, uma vez que o ensino se desenvolve com base em perspectivas tradicionais de ensino de escrita.


Palavras-chave: letramento acadêmico; ensino baseado em gêneros; graduandos em Ciência da Computação

Publicado
Aug 20, 2017
Como citar
VIEIRA, Bruna. A promoção do Letramento Acadêmico em uma disciplina de escrita: contexto universitário brasileiro. Revista Lusófona de Educação, [S.l.], v. 36, n. 36, aug. 2017. ISSN 1646-401X. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/5994>. Acesso em: 26 sep. 2017.