Dilemas de uma Agenda Global para a África Lusófona

  • Ilídio do Amaral

Resumo

O tema “Agenda global para a África lusófona” sugeriu-me não apenas o tempo presente mas sobretudo o futuro e, nesse sentido, começo por recordar a definição de “desenvolvimento sustentável”, contida em O nosso futuro comum, documento mais conhecido por “Relatório Brundtland”, de 1987, que no acto de entrega ao Secretariado- Geral das Nações Unidas ostentava ainda o título de A global agenda for change.

Biografia Autor

Ilídio do Amaral
Professor Catedrático Jubilado da Universidade de Lisboa Vice-Reitor e Reitor da Universidade de Lisboa Membro Efectivo da Academia das Ciências de Lisboa Membro de Mérito da Academia Portuguesa da História
Secção
Artigos