A batalha de Kadesh

  • Paulo Carreira

Resumo

No presente trabalho, é feita uma leitura comparativa entre duas descrições da batalha de Kadesh (c. 1286 a.C.) travada entre Egípcios e Hititas. Referimo-nos ao poema de Pentaweret e ao chamado «Texto do Boletim». Em qualquer deles, a grandiloquênciadas palavras não consegue esconder o facto de Ramsés II ter estado à beira de sofrer uma tremenda derrota, enganado que fora a respeito da localização exactado exército inimigo. O rei é pródigo em elogios à sua própria bravura, exaltando o auxílio que houve do seu divino pai, Amon. No entanto, lendo entre as linhas dos dois textos, apercebemo-nos de que Ramsés não conseguiu sair vitorioso deste prélio e foi incapaz de tomar Kadesh. Tendo ambos os adversários optado por uma espécie de empate, o status quo ante bellum foi mantido.
Publicado
Nov 21, 2013
Como citar
CARREIRA, Paulo. A batalha de Kadesh. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], n. 9-10, nov. 2013. ISSN 2183-3737. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/4088>. Acesso em: 22 oct. 2019.