O papel da PCR em tempo real na caracterização dos agentes responsáveis por meningite nas crianças em Luanda / The role of real time PCR in characterization of the agents responsible for meningitis in the children in Luanda

  • Catarina Freitas Instituto Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge, Centro de Bacteriologia
  • Lurdes Monteiro nstituto Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge, Centro de Bacteriologia
  • Luis Bernardino HOspital Pediátrico David Bernardino
  • Laura Brum HOspital Pediátrico David Bernardino
Palavras-chave: Meningite, Luanda, Líquido cefaloraquidiano, Bactérias, PCR em tempo real Meningitis, cerebrospinal fluid, bacteria, Real time PCR

Resumo

Resumo De acordo com recentes estimativas, um milhão de doentes por ano sofre de meningite bacteriana. No Hospital Pediátrico de Luanda, o diagnóstico de meningite foi, durante mais de duas décadas, apenas clínico e frequentemente confundido com o de malária cerebral. Pela necessidade de se conhecerem os agentes bacterianos de meningite foi desenvolvido um estudo, com a realização sistemática de exames citobacteriológicos de amostras de líquido cefaloraquidiano de crianças, consideradas potencialmente infectadas. O exame bacteriológico cultural revelou culturas positivas, negativas e contaminadas em que os agentes etiológicos maioritariamente identificados foram Haemophilus influenzae, Streptococcus pneumoniae e Neisseria meningitidis. O presente estudo, teve como principal objectivo, proceder à pesquisa dos agentes bacterianos mais frequentes da meningite bacteriana, através de uma técnica de Biologia Molecular, PCR em Tempo real, em amostras de líquido cefaloraquidiano, cujo exame cultural realizado, no Hospital Pediátrico de Luanda, tenha sido negativo ou inconclusivo. Destas amostras, 163 foram analisadas, por apresentarem características citoquímicas indicadoras de presumível infecção. Os resultados obtidos neste estudo permitiram concluir que a técnica de PCR em tempo real contribuiu consideravelmente para o aumento do número de casos confirmados de meningite na população estudada. Abstract According to recent estimations one million of patients per year suffer from bacterial meningitis. In the Paediatric Hospital of Luanda, the meningitis diagnosis was, for more than two decades, clinical and frequently confounded with cerebral malaria. In order to know the bacterial agents of meningitis a study was developed in this hospital, consisting of a systematically accomplishment of citobacteriologic analysis of cerebrospinal fluid samples from children considered potentially infected. The cultural analysis resulted in positive, negative and contaminated cultures. The bacterial agents mainly identified in this study were Haemophilus influenzae, Neisseria meningitides and Streptococcus pneumoniae. The present study aims to research by molecular biology- real time PCR- the more frequent bacterial agents of meningitis in cerebrospinal fluid samples presented a negative or an inconclusive result. From these samples, 163 were selected on basis of citoquimic characteristics associated whit a strong suspicious of infection. The results obtained suggested that the real time PCR considerably contributed for the increase of confirmed cases of bacterial meningitis.
Edição
Secção
Ciências Biomédicas / Biomedical Sciences