Da crítica à sociologia da religião uma viragem e seu impacto sócio-cultural*

  • Steffen Dix

Resumo

A sociologia da religião é ainda uma disciplina relativamente jovem dentro da realidade académica. Tendo em conta as dificuldades recentes em reagir aos movimentos na paisagem religiosa actual pode parecer que este ramo da sociologia já se encontra numa crise profunda. Uma possibilidade de redefinir o lugar da sociologia da religião encontra-se também na reflexão sobre as origens desta disciplina científica que nasceu dentro do seio da crítica da religião. E esta remonta curiosamente das primeiras perguntas inocentes sobre a origem do mundo fora de uma explicação divina. O artigo presente pretende redesenhar em traços gerais o desenvolvimento da crítica da religião a partir dos filósofos pré-socraticos até os escritos de Feuerbach e chama depois brevemente atenção para Karl Marx, Friedrich Nietzsche e Sigmund Freud cujos criticas da religião tiveram um impacto enorme para a futura sociologia da religião.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Publicado
Nov 21, 2013
Como citar
DIX, Steffen. Da crítica à sociologia da religião uma viragem e seu impacto sócio-cultural*. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], n. 9-10, nov. 2013. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/4078>. Acesso em: 22 may 2019.