A dinâmica positiva da secularidade como fundamento Ético-religioso da ordem social que visa o bem comum e a felicidade privada

  • Samuel Dimas

Resumo

Ao dinamismo negativo da secularização opõe-se o dinamismo positivo da secularidade, enquanto movimento social de separação entre o poder temporal e político e o poder espiritual e religioso. a tolerância religiosa e política da democracia ocidental desenvolve-se neste princípio evangélico judaico-cristão. Um princípio que foi esquecido no império da Cristandade e que foi corrompido pela revolução das luzes,mas que foi recuperado na ordem social contemporânea dos estados de Direito. A fundamentação ética da ordem política democrática atual assenta nesta ideiade que as religiões são concretizações históricas e relativas da universal e absoluta verdade divina.
Publicado
Jun 19, 2014
Como citar
DIMAS, Samuel. A dinâmica positiva da secularidade como fundamento Ético-religioso da ordem social que visa o bem comum e a felicidade privada. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], n. 18-19, june 2014. ISSN 2183-3737. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/4493>. Acesso em: 27 june 2017.
Secção
Parte III: Olhares sobre temas definidores do Estudo das Religiões