A AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DA FORMAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA RETURN ON INVESTMENT: UMA ANÁLISE COMPARADA

  • Felipa Lopes dos Reis
  • Neusa Santos

Resumo

Este estudo descreve um conjunto de esforços empreendidos para desenvolver medidas de avaliação da formação. São discutidos os desafios metodológicos de cada um desses níveis de avaliação e apresentados exemplos de como os problemas de análise e mensuração têm sido resolvidos. É feito um levantamento teórico do estado da arte neste domínio e são descritos os modelos mais importantes e reconhecidos de avaliação dos impactos da formação. Faz-se uma reflexão sobre a matriz metodológica da avaliação da formação e discutem-se as condições para a implementação da metodologia ROI. Os dados foram obtidos, através da aplicação de um inquérito online efetuado aos profissionais da área da formação e da gestão dos recursos humanos, que mostram a situação real da avaliação dos impactos da formação nas organizações.
Os resultados mostraram que, a motivação dos supervisores e dirigentes é o principal fator no sucesso de uma formação. E que o plano de formação resulta de um diagnóstico de necessidades de formação não estando alinhado com um sistema de avaliação de desempenho. Apesar do elevado interesse em torno da metodologia ROI, o modelo de kirkpatrick é o mais utilizado pelas empresas, devido ao custo associado à implementação
da metodologia ROI.

Publicado
Feb 7, 2018
Como citar
REIS, Felipa Lopes dos; SANTOS, Neusa. A AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DA FORMAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA RETURN ON INVESTMENT: UMA ANÁLISE COMPARADA. Revista Lusófona de Economia e Gestão das Organizações, [S.l.], n. 6, p. 99-121, feb. 2018. ISSN 2183-5845. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/r-lego/article/view/6248>. Acesso em: 20 aug. 2018.
Edição
Secção
Artigos