O imaginário e a crença extraterrestre: um estudo transdisciplinar

  • Carlos Reis

Resumo

Em meio a um cenário histórico-cultural de marcante relevância emoldurado por transformações sócio-políticas e ideológicas profundas, a sociedade contemporânea vive uma era de incertezas, medo e desesperança, que a induz criar e apegar-se a todo tipo de ilusões, crenças e utopias - anjos, deuses, heróis, oráculos, demiurgos, extraterrestres e hierofanias - como instrumentos de fortificação contra a áspera realidade do cotidiano. A busca de identidade, a não admissão de sua fraqueza interior e fragilidade exterior, o temor da morte e da solidão cósmica, a busca pela completude e a impossibilidade de ser um animal transcendente o levam à angústia existencial. Este artigo traz uma análise condensada de uma destas “muletas metafísicas” ao desconstruir o “mito moderno” através da hermenêutica e da da transdisciplinaridade, e a reinterpretar seus símbolos, linguagens, signos e representações.


Palavras-chave: História, cultura, imaginário, crença transdisciplinaridade

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Publicado
Feb 22, 2019
Como citar
REIS, Carlos. O imaginário e a crença extraterrestre: um estudo transdisciplinar. Revista Lusófona de Ciência das Religiões, [S.l.], v. 21, n. 1, p. 41-57, feb. 2019. ISSN 2183-3737. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cienciareligioes/article/view/6667>. Acesso em: 15 sep. 2019.