OPPORTUNITIES FOR THE ENGAGEMENT OF UNIVERSITIES IN SOCIAL ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION: A PILOT EXPERIENCE IN AVEIRO

  • Liliana Ávila
  • Marlene Amorim
  • Marta Dias
  • Teresa Franqueira
  • João Sampaio

Resumo

RESUMO

A promoção do empreendedorismo e da inovação social tem sido recorrentemente apresentada como uma resolução chave no contexto europeu, como um modelo económico capaz de promover um crescimento que é mais justo, verde e ancorado nas comunidades locais. Há sinais encorajadores de que nos estamos a mover nessa direção, como sociedades que testemunham uma onda de modelos de negócio híbridos, i.e. que perseguem uma missão social ao mesmo tempo que desenvolvem atividades comerciais, como forma de gerar receitas para sustentar as suas operações. Considerando os passos que estão a ser dados tanto ao nível europeu como ao nível regional para a promoção de ecossistemas adequados para as empresas sociais, os atores regionais necessitam melhorar e aumentar a sua capacidade para cooperar e apoiar o crescimento das empresas sociais.

Este contexto coloca uma chamada importante ao papel das universidades no ecossistema da inovação social. As universidades têm sido reconhecidas como atores chave na persecução do objetivo de um desenvolvimento inteligente e inclusivo que tem sido adotado pelas economias europeias, uma vez que detêm recursos importantes que podem ser mobilizados para contribuir para a resolução de problemas sociais. As universidades podem contribuir para a avaliação do conhecimento, das capacidades e competências presentes numa região apoiando a identificação das áreas de especialização mais promissoras para essa região.

Este artigo descreve a experiência e os resultados de uma iniciativa piloto liderada pela Universidade de Aveiro para envolver os atores regionais na identificação de oportunidades para o desenvolvimento de projetos de inovação e empreendedorismo social. A iniciativa envolveu a colaboração de uma equipa multidisciplinar da Universidade (incluindo investigadores das áreas da Economia, Gestão, Design e Ciências Sociais) e atores chave dos 11 municípios da Região de Aveiro com o objetivo de promover a criação de serviços baseados em estilos de vida sustentáveis. O trabalho de campo seguiu uma metodologia passo-a-passo que incluiu: i) um conjunto de ações preliminares para sensibilizar, aumentar o conhecimento e motivação de atores chave regionais para a área do empreendedorismo e inovação social; ii) uma fase de trabalho de campo exploratório, onde os investigadores interagiram com as populações locais para identificar as principais oportunidades relacionadas com o património local, a partir do qual foi desenvolvido um portfólio de oportunidades; iii) a seleção de uma amostra de oportunidades para o desenvolvimento de negócios sociais; iv) a condução de um conjunto de workshops, baseados numa metodologia orientada para o projeto; v) o acompanhamento dos resultados dos workshops, incluindo sessões de mentoria para as oportunidades de negócio social mais promissoras e definição da estratégia para a região. Neste artigo, toda a metodologia é descrita e discutida, levando à identificação de fatores críticos de sucesso e dificuldades enfrentadas pelas universidades que pretendem participar no desenvolvimento regional.

Palavras-chave: Colaboração Universidade-Região, Desenvolvimento regional, Inovação social e empreendedorismo

ABSTRACT

The promotion of social entrepreneurship and innovation is being persistently put forward as key resolution in the European context as an economic model that is able to promote a growth that is fairer, greener and anchored in local communities. There are encouraging signs that we are moving in this direction, as societies witness a surge of hybrid business models, i.e. pursuing a social mission while engaging in commercial activities in order to generate revenue to sustain their operations. Whereas steps are being taken both at European and regional level for the promotion of adequate eco-systems for social enterprises, regional actors need to improve their ability to cooperate and enhance their capacity to support social enterprise growth.

This context places an important call on the role of Universities in social innovation eco-systems. Universities have been acknowledged as key actors in the achievement of the intelligent and inclusive development goals that have been embraced by European economies, as they embody important resources that can be mobilized to contribute to solutions to social problems. Universities can contribute to a region’s assessment of its knowledge assets, capabilities and competencies, supporting the identification of the most promising areas of specialisation for the region.

This paper describes the experience and results of a pilot initiative led by the University of Aveiro for engaging regional actors in the identification of opportunities for the development of social innovation and entrepreneurship projects. The initiative involved the collaboration of a multidisciplinary team of the University (i.e. including researchers from the domains of Economics, Management, Design and Social Sciences) with key actors from the 11 municipalities of the Aveiro Region in order to promote services based in sustainable lifestyles. The field work involved a stepwise methodology including: i) a preliminary set of actions to increase the awareness, literacy and motivation of key regional actors for the area of social innovation and entrepreneurship; ii) a phase of exploratory field work, where the researchers interacted with local populations to identify key opportunities linked to the local heritage from which an opportunity map and portfolio was developed; iii) the selection of a sample of opportunities for social business development; iv) the conduction of a set of workshops, based on a design-driven methodology,  for the specification of projects to be developed with local communities; v) the follow up of workshop results, including mentoring the most promising social business opportunities and setting the strategy for the Region. In this paper the full methodology is described and discussed, leading to the identification of key success factors and constraints faced by Universities aiming to engage in regional development.

Keywords: Regional development, Social innovation and entrepreneurship, University-Region collaboration

Publicado
2016-06-15