Memória Afro, Identidade, Territorialidade e Espaços Museais

  • Cecília C. M. Soares

Resumo

Este artigo tem como objetivo propor algumas reflexões sobre memória, identidade, territorialidade e a importância dos memoriais afros em comunidades terreiros como forma de estratégia política de uma nova linguagem cênica e textual na preservação, divulgação e releituras das memórias projetadas nesses espaços. 


Palavras-chave: memória, identidade, espaços museais.

Publicado
May 30, 2017
Como citar
SOARES, Cecília C. M.. Memória Afro, Identidade, Territorialidade e Espaços Museais. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 53, n. 9, may 2017. ISSN 1646-3714. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/5890>. Acesso em: 21 aug. 2017.