Sobre a Revista

A Revista Cadernos de Sociomuseologia é uma publicação científica de acesso livre semestral publicada pelo Departamento de Museologia da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ISSN 1646-3714).

Foi fundada em 1993, sendo actualmente a mais antiga e continuada revista de Museologia em Língua portuguesa. Os seus objectivos prioritários são a publicação de trabalhos científicos na área de conhecimento da Sociomuseologia, para cuja consolidação internacional tem contribuído de forma permanente, dando apoio à formação em Museologia Social em geral e em particular aos programas de Mestrado e Doutoramento na ULHT.

A revista publica artigos originais em quatro idiomas: português, inglês, francês e espanhol. Foi reorganizada em 2013 passando a ter apenas a edição digital tendo sido aceite nas redes internacionais de indexação, Directory of Open Access Journals (DOAJ), European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences (ERIH PLUS) e Information Matrix for the Analysis of Journals (MIAR). É publicada na  Plataforma Public Knowledge Project (PKP) estando registada na plataforma de preservação Portico Preservation Network. O Conselho de Redação e o Conselho Editorial são compostos por académicos e investigadores de mérito internacionalmente reconhecido do campo da museologia, provenientes do Brasil, Canada, Espanha, EUA, França, India, Portugal e Reino Unido.

Cadernos de Sociomuseologia (Nova Série 1 - 2013)

  • Indexada European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences (ERIH PLUS) ACCEPTED MARCH 2014
  • Directory of Open Access Journals (DOAJ) Journal License: ACCEPTED MARCH 2014
  • Information Matrix for the Analysis of Journals (MIAR)ACCEPTED NOVEMBER 2015
  • LATINDEX Diretorio Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal since 2013
  • SHERPA RoMEO Accepted after november 2015
  • Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico  (REDIB)
  • Directory of Research Journals Indexing (DRJI) 
  • Identificador DOI Crossref   https://doi.org/10.36572/csm 
  • Os cadernos de Sociomuseologia estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-Compartilha Igual 4.0 Internacional.
     

Portico Preservation Network
A revista Cadernos de Sociomuseologia utiliza o Digital Object Identifier (DOI) registado pela CrossRef

Referencial de Ética e de boas práticas dos Cadernos de Sociomuseolgia
O presente documento é um referencial de Ética e de boas práticas dirigido aos editores, autores e avaliadores dos Cadernos de Sociomuseologia e deve, sempre que necessário, ser utilizado em articulação com o Código de Ética da Universidade.
https://www.ulusofona.pt/pt/media-ref/codigo-etica-ulht/download/codigo-etica-ulht.PDF

Equipa editorial:
O diretor, os editores e os editores associados são responsáveis pelos artigos publicados, devendo assegurar a sua qualidade científica e a transparência dos procedimentos de seleção. A equipa editorial deve em particular zelar pela qualidade cientifica da revista, favorecer o debate científico, ser imparcial na gestão dos artigos propostos para publicação, assegurar a liberdade de expressão, designar os avaliadores das propostas dos artigos. O anonimato dos autores e avaliadores garantirá a imparcialidade e a independência intelectual.
A equipa editorial deve assegurar a divulgação das normas de submissão redação e seleção adotadas pelos Cadernos de Sociomuseologia.

Autores:
Os trabalhos apresentados devem ser baseados em investigação original. Os autores dos artigos são os primeiros responsáveis pelos seus conteúdos e originalidade. Qualquer texto ou ilustração, retirado de obra realizada por outros autores, deve ser devidamente citado e referenciado na Bibliografia nos termos das normas de citação utilizadas. Esta obrigação aplica-se qualquer que seja a forma adotada nomeadamente: cópia servil, cópia adulterada, paráfrase ou tradução.
O plágio, qualquer que seja a sua forma, constitui uma falta de ética e uma fraude científica.
Sempre que seja detetado um trabalho total ou parcialmente plagiado, a sua publicação deve ser cancelada e ativados os procedimentos adequados.
No caso de trabalhos coletivos, o autor que figura em primeiro lugar deve assegurar-se que os restantes autores, contribuíram efetivamente para o trabalho submetido para publicação. Os autores não devem submeter o seu trabalho em simultâneo a diversas revistas.
Se a investigação foi financiada por recursos públicos ou privados, a fonte de financiamento deve ser mencionada na declaração de conflito de interesses.

Avaliação dos artigos:
Os artigos serão submetidos de forma anónima aos avaliadores, que devem ser sempre especialistas na temática das matérias em causa.
Os editores seguirão as decisões de publicação dos artigos sugerida pelos avaliadores.
Os autores têm direito a apresentar as suas reclamações aos editores.
Os Editores não são remunerados pelo seu trabalho editorial.
Os editores devem guardar confidencialidade sobre os procedimentos da sua responsabilidade, contribuído para a proteção de dados individuais dos autores.