O Martinismo: história e tradições

  • Vitor Rosa CeiED/ULHT
Palavras-chave: Martinismo, Maçonaria, Esoterismo

Resumo

O Martinismo é uma corrente maçónica de misticismo judaico-cristã surgida no século XVIII, fundado sobre os ensinamentos de Martinèz de Pasqually e de Louis-Claude de Saint-Martin, e de outros precursores. Considera que o Homem, devido à má utilização do seu livre arbítrio, se afastou de Deus, resultando na condição de degradação e prevaricação em que se encontra atualmente. Exorta a iniciar um caminho e processo de autoconhecimento e de transformação, readquirindo a plenitude das suas potencialidades divinas (Reintegração). Apresentada como uma “via cardíaca”, o Martinismo recorre a diversas correntes do esoterismo ocidental (hermetismo, gnose, teosofia cristã, rosacrucianismo, entre outras). Este artigo, de caráter compreensivo, tem por objetivo contribuir para que se faça luz aos leitores e investigadores sobre a temática, permitindo uma melhor compreensão sobre a espiritualidade Martinista.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-06-29
Como Citar
Rosa, V. (2021). O Martinismo: história e tradições. Ad Aeternum, 1(2), 185-205. Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/adaeternum/article/view/7467