A PALAVRA DA RELIGIÃO EM TEMPOS CERTAMENTE INCERTOS

  • Deborah Vogelsanger Guimarães UFJF/MG

Resumo

Resumo: Que palavra tem a religião para nós neste momento? Me parece que a resposta para essa pergunta está estritamente relacionada à uma crise de humanidade identificada pela filosofia desde sempre e teorizada de várias formas. Teria assim, o protestantismo algo a dizer ainda? Pois será nesta perspectiva: a de que estamos lidando com essa mesma crise de humanidade, que pretendo encaminhar uma resposta possível para a pergunta elaborada. Para isso, neste momento, o diálogo será feito com Paul Tillich e partir de um escrito pós-guerra sob título Problemas espirituais da reconstrução pós-guerra encontrado na coletânea A Era Protestante, tendo-se em mente que a justiça e o amor são elementos inerentes ao ser humano e podem leva-lo à uma Ética coerente para a ação dele no mundo. O que ademais, tem sido o esforço da filosofia desde Aristóteles. De forma breve é possível dizer que, neste artigo, Paul Tillich retoma a abordagem ontológica do agir humano ao mostrar que entre os desafios deste período de reconstrução de estruturas e infraestruturas está o desafio da própria humanidade que há em nós, e que este desafio mantém vivo o espírito protestante que, por seu lado mantém vivo o protestantismo.

Palavras-chave: Protestantismo, Paul Tillich, Filosofia da religião, Ciência da Religião

 

Abstract: What word does religion have for us right now? It seems to me that the answer to that question is strictly related to a crisis of humanity identified by philosophy forever and theorized in various ways. Does Protestantism have something to say yet? For it will be in this perspective: that we are dealing with this same crisis of humanity,  that I intend to send a possible answer to the question asked. For this, at this moment, the dialogue will be made with Paul Tillich and from post-war writing under the title Spiritual problems of post-war reconstruction found in the collection The Protestant Era, bearing in mind that justice and love are elements inherent to the human being and can lead him to a coherent Ethics for his action in the world. What, moreover, has been the effort of philosophy since Aristotle. Briefly, it is possible to say that, in this article, Paul Tillich takes up the ontological approach to human action by showing that among the challenges of this period of reconstruction of structures and infrastructures are the challenges of humanity itself that exists in us, and that this challenge maintains I live the Protestant spirit, which in turn keeps Protestantism alive.

Keywords: Protestantism, Paul Tillich, Philosophy of religion, Science of Religion

Biografia Autor

Deborah Vogelsanger Guimarães, UFJF/MG

Mestre em Filosofia (UNICAMP/SP, Brasil); Doutoranda em Ciências da Religião (UFJF/MG).

Publicado
2021-02-27
Como Citar
Vogelsanger Guimarães, D. (2021). A PALAVRA DA RELIGIÃO EM TEMPOS CERTAMENTE INCERTOS . Ad Aeternum, 1, 92-111. Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/adaeternum/article/view/7500
Secção
Artigos