O DIÁLOGO COMO MEDIAÇÃO DAS DIFERENÇAS

  • Marcos Flávio Portela Veras Universidade Evangélica de Goiás
Palavras-chave: Diálogo. Cristianismo. Ciências Sociais.

Resumo

Este texto apresenta um exercício de reflexão entre os limites e possibilidades de relacionar o cristianismo e os aportes das ciencias sociais. Levando em conta o caráter mais dogmático da mensagem cristã e o relativismo inerente do referido campo das ciencias, perceber até que podem existir de forma concomitante, com trocas, cruzamento de perspectivas. É utilizado o recurso metodológico autobiográfico enfocando o trânsito do autor, ora como pastor protestante, ora como professor e pesquisador de antropologia social, bem como aportes teórico-metodológicos pertinentes para pensar a temática. Conclui-se que a partir da própria perspectiva dialógica, entendida mais recentemente como caminho de mediação das diferenças, é possível pensar a emergência de novas abordagens e percepções de aplicação teológica em contextos específicos de atuação da igreja.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2023-01-12
Como Citar
Veras, M. F. P. (2023). O DIÁLOGO COMO MEDIAÇÃO DAS DIFERENÇAS. Ad Aeternum, 1(5), 93-112. Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/adaeternum/article/view/8287