A formação em serviço social para a intervenção na diversidade de género e sexual

  • Nélson Ramalho Instituto de Serviço Social, Universidade Lusófona de Humanidade e Tecnologias
Palavras-chave: LGBTI, génerol, sexualidade, formação, serviço social

Resumo

As organizações nacionais e internacionais de serviço social têm vindo a assumir o compromisso de proteção e preservação dos direitos das pessoas LGBTI por reconhecerem as múltiplas opressões a que estão sujeitas. Todavia, as escolas de serviço social continuam a fornecer pouca formação sobre género e sexualidade, o que contribui para os assistentes sociais não estarem qualificados para lidar e responder adequadamente às necessidades das pessoas LGBTI. O presente artigo fundamenta, assim, a necessidade das escolas de serviço social promoverem conhecimentos e desenvolverem competências específicas para a intervenção com populações com identidades de género e/ou orientações sexuais diversas, e apresenta recomendações que poderão contribuir para esse trabalho pedagógico de formação e qualificação profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-07-27
Como Citar
Ramalho , N. (2021). A formação em serviço social para a intervenção na diversidade de género e sexual. Revista Temas Sociais , (1), 122-131. Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/temassociais/article/view/7771
Secção
Artigos