A museologia e a construção de sua dimensão social: olhares e caminhos

  • Mario Chagas Diretor do Museu da Republica, Rio de Janeiro
  • Judite Primo Diretora do Departamento de Museologia da Universidade Lusófona
  • Claudia Storino Diretora do Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx RJ
  • Paula Assunção Professora na Reinwardt Academy, em Amsterdão, Holanda

Resumo

Olhar para a museologia, de modo especial, para a denominada museologia social ou sociomuseologia, conversando com ideias e noções que podem ser consideradas óbvias, mas que, talvez, examinadas por outro ângulo, tenham algo de novo a oferecer, faz parte dos objetivos do presente texto. Além disso, é pertinente perguntar: o óbvio é óbvio para quem? Não raro, aquilo que parece óbvio para determinados grupos de especialistas, pode não ser óbvio para uma grande maioria de pessoas. É neste sentido que peregrinando pela obviedade, afirma-se que a museologia social ou sociomuseologia não surgiu do nada e também não é o resultado de intelectuais iluminados que retiraram de si mesmos, de suas essências a luz museal ou museística que haveria de iluminar o mundo; ao contrário, surgiu de amplos debates e embates, de um acúmulo de tensões, críticas, enfrentamentos, vivências, reflexões e práticas que impactaram a museologia e os museus que do século XIX, projetaram-se no século XX, sem que seus paradigmas tivessem sido submetidos a uma análise crítica.


Em outros termos: a museologia social ou sociomuseologia não é o resultado de uma construção teórica que quer, a todo custo, de cima para baixo, enquadrar os museus e as diferentes formas de pensar e praticar a museologia aos seus ditames técnicos, científicos, artísticos e filosóficos; ao contrário, trata-se de uma construção que resulta de um contexto histórico específico, que não tem e não quer ter um caráter normativo e que apresenta respostas singulares para problemas também singulares e que, sobretudo, assume explicitamente compromissos políticos e poéticos.


Palavras-chave: Museologia; museologia social; sociomuseologia; educação; memória; função social do museu.

Publicado
Jun 13, 2018
Como citar
CHAGAS, Mario et al. A museologia e a construção de sua dimensão social: olhares e caminhos. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 55, n. 11, june 2018. ISSN 1646-3714. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/6364>. Acesso em: 25 june 2018.

Leia mais artigos do mesmo autor(s)

Obs.: Este plugin requer pelo menos um estatísticas / relatório para ser ativado. Se as estatísticas plugins fornecem mais de uma métrica, em seguida, por favor, selecione uma métrica principal no local página de configurações do administrador e / ou nas páginas de configurações do administrador de revista.