Poderá o museu dar resposta a essa exigência simultânea de desenvolvimento e de preservação?

  • Pedro Manuel Figueiredo Cardoso Pereira Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

A análise anterior permitiu que pudéssemos responder à 1.ª Pergunta (“o museu deverá organizar-se para a preservação ou para o desenvolvimento ?). Constatando que o “desenvolvimento museal” estabelecia com o “desenvolvimento geral” uma relação simultaneamente interdependente e autónoma. Sendo nessa relativa autonomia, e no contexto desse desenvolvimento particular dito museal que seria legítimo perspectivar um trabalho específico. Para alcançar uma resposta para esta segunda pergunta organizaríamos o trabalho de pesquisa tentando encontrar resposta para a seguinte pergunta: --- Como se poderia realizar, na prática, essa comunicação que permitiria extrair do objecto patrimonial esse tal significado e benefício para a comunidade? Deste modo, seria sobre as condições e as exigências que esse acto de comunicação, ou esse processo de comunicação museal colocaria ao trabalho museológico, aqui entendido como desenvolvimento museal, que o estudo tentou prosseguir.
Como citar
PEREIRA, Pedro Manuel Figueiredo Cardoso. Poderá o museu dar resposta a essa exigência simultânea de desenvolvimento e de preservação?. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], n. 34, jan. 2010. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/1129>. Acesso em: 21 oct. 2019.