A versão do Manual de Normas em português

  • Maria Luísa Monteiro da Silva Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
  • Paula Assunção dos Santos Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

A presente tradução do Manual de Normas – Documentando Acervos Africanos tornou-se algo além do que uma tradução de uma publicação do ICOM sobre documentação de coleções.

Em parceria com o AFRICOM – Conselho Internacional de Museus Africanos, buscou-se não só facilitar o acesso aos países africanos de língua portuguesa desta obra na área de documentação de coleções, como promover o desenvolvimento de contatos entre pessoas e instituições que possam formar redes de museus e património no continente africano e nos demais territórios em que o português é a língua oficial.

Uma vez realizada a tradução, o texto do presente livro foi revisto por pessoas chave de cada um dos países da África lusófona, chegando-se, posteriormente, numa reunião em Nairóbi – onde se encontra a sede do AFRICOM - a uma resolução de termos comuns para a versão em idioma português mais condizente com a prática dos museus lusófonos na África. Este encontro também permitiu aproximar os  profissionais lusófonos envolvidos no projeto com o AFRICOM.

Nossos agradecimentos a todos aqueles que colaboraram das mais diversas maneiras na realização deste Manual de Normas – Documentando Acervos Africanos.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Como citar
SILVA, Maria Luísa Monteiro da; SANTOS, Paula Assunção dos. A versão do Manual de Normas em português. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], n. 36, jan. 2010. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/1135>. Acesso em: 17 aug. 2019.