DECLARAÇÃO DE LISBOA RESOLUÇÕES DA COMISSÃO INTERNACIONAL DE FORMAÇÃO DE PESSOAL DE MUSEUS (ICTOP) LISBOA, PORTUGAL - 3 a 8 DE OUTUBRO DE 1994, Tradução de Miguel Lara

  • Mário Chagas Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

Considerando que rápidas mudanças nas condições mundiais provocaram uma depreciação da herança natural e cultural, designadamente pela combinação dos interesses nacionais e internacionais; e,

- Considerando que há determinadas ideias e convicções que são fundamentais para a existência humana e a inter conexão entre as pessoas, as pessoas e o ambiente, e as pessoas e a sua natureza universal; e,

- Considerando que é necessário para os museus como instituições "ao serviço da sociedade e do seu desenvolvimento" assumirem um papel de liderança na comunidade internacional;

- Assim, a Comissão Internacional de Formação de Pessoal, reunida em Lisboa, Portugal, de 3 de Outubro 1994, tomou as seguintes resoluções…

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Como citar
CHAGAS, Mário. DECLARAÇÃO DE LISBOA RESOLUÇÕES DA COMISSÃO INTERNACIONAL DE FORMAÇÃO DE PESSOAL DE MUSEUS (ICTOP) LISBOA, PORTUGAL - 3 a 8 DE OUTUBRO DE 1994, Tradução de Miguel Lara. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 5, n. 5, june 2009. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/249>. Acesso em: 21 aug. 2019.