Conclusão

  • Luís Filipe Raposo Pereira Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

Conclusão

Partindo de um conjunto de pretensões diversificadas, de uma forma central, este trabalho de investigação procurou apresentar um registo descritivo do percurso institucional do Museu de Arte Popular, introduzindo uma leitura específica das incidências registadas contemporaneamente em torno do mesmo. Conferindo uma sustentabilidade conceptual secundada por uma série de noções de âmbito histórico, sociológicas e antropológicas, estabelece uma análise consciente das implicações ideológicas associadas ao contexto matricial que o presidiu, apresentando o sentido valorativo atribuído pelas instâncias de Poder nacionais ao longo das décadas seguintes e os condicionalismos daí advindos, reflectidos na vivencia e funcionamento do Museu.

Publicado
Feb 27, 2012
Como citar
RAPOSO PEREIRA, Luís Filipe. Conclusão. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], n. 39, feb. 2012. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/2671>. Acesso em: 17 oct. 2019.