PROCESSO MUSEOLÓGICO E EDUCAÇÃO: contribuições e perspectivas

  • Maria Célia Teixeira Moura Santos Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

Dezembro de 1994 foi o marco por mim estipulado para iniciar a análise das diversas ações, objetivando atender aos requisitos do Doutorado em Educação, apresentando a tese. O Museu Didático-Comunitário de Itapuã continua em desenvolvimento e, por certo, ainda fornecerá um vasto material para muitas outras pesquisas. Durante todo o processo, como ficou registrado anteriormente, foram feitas reflexões constantes, com o intuito de tornar as ações mais claras, acertar os passos de acordo com as necessidades dos diversos grupos envolvidos e analisar o produto do trabalho alcançado. Porém, neste momento, sentimos necessidade de lançar mais um “olhar” sobre os caminhos percorridos. Ressalto, entretanto, que não pretendo ser “objetiva”, almejando uma neutralidade absoluta que apague as marcas da minha implicação no meu objeto de estudo.

Como citar
SANTOS, Maria Célia Teixeira Moura. PROCESSO MUSEOLÓGICO E EDUCAÇÃO: contribuições e perspectivas. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 7, n. 7, june 2009. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/275>. Acesso em: 21 oct. 2019.