Capítulo I - Articulação entre Educação e Museologia

  • Gabriela Ramos Figurelli Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

As últimas décadas do século XX, marcadas pelo crescimento do fenômeno da globalização, dos processos migratórios, da sociedade em rede, da alteração na idéia de desenvolvimento, foi o cenário propício para suscitar a ampliação das discussões museológicas envolvendo a idéia de museu como instrumento, ferramenta para intervenção social. O contexto social - antenado para o local, a diversificação, a democratização e o desenvolvimento - proporcionou a efervescência das idéias levando a reflexões sobre a mudança no cerne da Museologia, alterando assim a atenção central do objeto para o ser humano. O posicionamento ético do profissional não poderia mais estar centrado, apenas e exclusivamente, no patrimônio, era necessário que ocorresse a transferência do foco de atenção, das coleções para os públicos.
Publicado
2012-04-25
Como Citar
Ramos Figurelli, G. (2012). Capítulo I - Articulação entre Educação e Museologia. Cadernos De Sociomuseologia, 44(44). Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/2872