Capítulo IV - Considerações sobre o Programa Educativo Consciência Funcional

  • Gabriela Ramos Figurelli Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

Tendo como intuito identificar a percepção que os participantes do Programa Educativo Consciência Funcional têm sobre o próprio Programa e investigar a percepção que o público tem sobre o atendimento oferecido pela equipe da Pinacoteca, foram utilizadas estratégias para coleta de dados junto aos trabalhadores da Pinacoteca do Estado de São Paulo e junto ao público espontâneo da Pinacoteca. Mediante as informações reunidas, pretende-se perceber se o Programa Educativo influencia seu contexto ou não. Para um melhor entendimento, as informações foram agrupadas nos sub-capítulos „Análise do Questionário Aplicado aos Funcionários Atendidos pelo Programa Educativo Consciência Funcional‟ e 'Análise do Questionário Aplicado ao Público Espontâneo da Pinacoteca‟. Posteriormente, no sub-capítulo „Reflexões sobre o Programa Educativo Consciência Funcional‟ são apresentadas considerações elaboradas a partir da observação direta do ambiente de trabalho e das entrevistas realizadas com os profissionais envolvidos com a organização do Programa, no intuito de perceber o andamento do Programa dentro da Instituição.
Publicado
2012-04-25
Como Citar
Ramos Figurelli, G. (2012). Capítulo IV - Considerações sobre o Programa Educativo Consciência Funcional. Cadernos De Sociomuseologia, 44(44). Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/2875