DOCUMENTAÇÃO MUSEOLÓGICA E COMUNICAÇÃO

  • Rosana Nascimento Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

Ao iniciar, gostaria de agradecer o convite para proferir esta palestra que tem como tema "Documentação Museológica e Comunicação", neste VI Forum de Museus do Nordeste.

O texto será apresentado discutindo dois pontos básicos. Neste sentido, inicia definindo o conceito de documentação no seu sentido amplo, para em seguida desenvolver uma análise sobre a documentação museológica como resgate de informações sobre o objeto, o que, em grande escala, é produzido em nossos museus.

Num segundo momento, discuto a documentação museológica para a comunicação estabelecendo uma análise sobre o fazer museológico objetivando a comunicação e a educação. Isto porque, não entendo a ação documental como algo isolado da totalidade do fazer museológico, o que significa que as ações desenvolvidas no Museu devem objetivar a educação e a comunicação dos acervos preservados.

Buscando amarrar os dois pontos referidos acima, dedico o momento final para colocar algumas reflexões de como a documentação pode ultrapassar o simples ato de coletar informações que nada comunicam.

Acredito que no processo do debate, vocês terão muito mais a colocar, o que com certeza enriquecerá o tema ora apresentado, porque estou aqui com a função de introduzir o tema, para refletimos de forma conjunta durante o tempo determinado para esta atividade.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Como citar
NASCIMENTO, Rosana. DOCUMENTAÇÃO MUSEOLÓGICA E COMUNICAÇÃO. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 3, n. 3, may 2009. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/305>. Acesso em: 25 aug. 2019.

Leia mais artigos do mesmo autor(s)