Museologia e património: documentos fundamentais

  • Judite Primo Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

O presente número dos Cadernos de Sociomuseologia, reúne um conjunto de documentos sobre museologia e património que se encontram dispersos e muitas vezes em outro idioma que não o português.

Trata-se de documentos produzidos por Instituições/ Organizações de grande credibilidade internacional como a UNESCO, ICOM, ICOMOS e o Conselho da Europa.

A selecção dos textos teve por base servir à reflexão e aprofundamento de ideias do fazer museológico. São textos que se completam e que também traduzem uma visão ampla sobre as questões do património e da sua utilização como recurso para o desenvolvimento.

A UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), com sede em Paris, foi criada em 1945 pela ONU como instituição especializada e tem por objectivos:

“Contribuir para a manutenção da paz e da segurança ao estreitar, pela educação, pela ciência e pela cultura, a colaboração entre as Nações, a fim de assegurar o respeito universal pela justiça, pela lei, pelos direitos do homem e pelas liberdades fundamentais.”1(UNESCO, 1980)