CAPÍTULO 3 - NOVAS ONDAS DO PENSAMENTO MUSEOLÓGICO BRASILEIRO

  • Manuelina Maria Duarte Cândido Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

Para esta análise, adotamos como eixos da discussão os itens destacados em Vagues, por consideramos que são temas recorrentes e de grande relevância para a Museologia. Identificamos na bibliografia nacional alguns tópicos que não constavam naquela antologia e achamos conveniente acrescentá-los aqui, procurando traçar paralelos entre o que dizem os diversos autores brasileiros estudados sobre estes temas.

Um tópico largamente identificado naquela antologia foi a problemática dos museus em crise, que como vimos, foi entendida como uma crise de identidade institucional. Mário Chagas considerou o atual estágio da Museologia “um momento de grande fertilidade, se não decorrente, pelo menos estreitamente relacionado com uma crise de identidade perfeitamente identificável”.

Como Citar
Cândido, M. M. D. (1). CAPÍTULO 3 - NOVAS ONDAS DO PENSAMENTO MUSEOLÓGICO BRASILEIRO. Cadernos De Sociomuseologia, 20(20). Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/376