CAPÍTULO 3 - NOVAS ONDAS DO PENSAMENTO MUSEOLÓGICO BRASILEIRO

  • Manuelina Maria Duarte Cândido Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

Para esta análise, adotamos como eixos da discussão os itens destacados em Vagues, por consideramos que são temas recorrentes e de grande relevância para a Museologia. Identificamos na bibliografia nacional alguns tópicos que não constavam naquela antologia e achamos conveniente acrescentá-los aqui, procurando traçar paralelos entre o que dizem os diversos autores brasileiros estudados sobre estes temas.

Um tópico largamente identificado naquela antologia foi a problemática dos museus em crise, que como vimos, foi entendida como uma crise de identidade institucional. Mário Chagas considerou o atual estágio da Museologia “um momento de grande fertilidade, se não decorrente, pelo menos estreitamente relacionado com uma crise de identidade perfeitamente identificável”.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Como citar
CÂNDIDO, Manuelina Maria Duarte. CAPÍTULO 3 - NOVAS ONDAS DO PENSAMENTO MUSEOLÓGICO BRASILEIRO. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 20, n. 20, june 2009. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/376>. Acesso em: 18 aug. 2019.

Leia mais artigos do mesmo autor(s)