O património perante o desenvolvimento - Pedro Cardoso

  • Conselho Editorial Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

O património perante o desenvolvimento

Tese de Doutoramento em Museologia de Pedro Manuel Figueiredo Cardoso Pereira (2010)

Orientadora: Professora Doutora Judite Santos Primo

 

RESUMO

A ideologia do Desenvolvimento enquanto orientação programática para conduzir os destinos do Património foi decidida pela maioria da comunidade museal. Explicitamente desde que, pela primeira vez, a palavra ‗desenvolvimento‘ entrou na definição oficial de ‗museu‘ adoptada na 11.ª Assembleia-Geral do ICOM em 1974, mantendo-se inalterada até à actualidade. Essa decisão teve consequências no Património a nível do «objecto», «uso» e «valor patrimonial». Este trabalho investiga o impacto desse Desenvolvimento nas referidas três variáveis, e dos resultados infere e deduz propostas para a teoria museológica.

Nesse percurso de trabalho e de raciocínio produziu os seguintes contributos: i) Sistematizou os factores e variáveis que questionam a museologia enquanto objecto de conhecimento científico; ii) Discerniu a Estrutura do Valor Patrimonial, que permite ler o percurso da Museologia e do Património de uma nova maneira; iii) Identificou as consequências do impacto do Desenvolvimento no Património, verificando o aparecimento do ‗Objecto-código‘, do ‗Uso comunicacional total‘ e do ‗Valor transformacional‘; iv) Redefiniu o modo de identificar o processo de patrimonização; v) Propôs um Léxico de Conceitos para o estudo da Museologia e do Património, incluindo um novo ‗Índice de Avaliação do Trabalho Museal‘; vi) Fez a distinção entre processo de patrimonização, processo de musealização e processo de memoração, propondo ‗a relação entre esses três processos‘ como o caminho para se investigar a Museologia como ramo autónomo do saber.

 

Palavras-chave:Desenvolvimento, Museologia, Patrimoniologia, Memória, Patrimonio

ABSTRACT

The ideology of 'Development‘, as an orientation to conduct Heritage destinations, was decided, explicitly, for the first time, when the word  'development‘ entered the official definition of 'Museum‘ adopted on General Assembly of ICOM in 1974. And remain unchanged till now. This decision had consequences on the Heritage, specifically in the «Object», «Use» and «patrimonial Value». This work investigates the impact of this Development in these three variables, and by the results infers and deducts proposals for the Museological Theory.

Along working and reasoning produced the following contributions: i) Codified the factors and variables that are questioning the Museology as an object of scientific knowledge; ii) Discovered the  'Structure of the Patrimonial Values‘, which allows to read the path of Museology and Heritage in a new way; iii) Identified the consequences of the impact of Development on Heritage, verifying the emergence of  'Object-code‘, 'total and comunicacional Use‘ and  'transformational Value‘; iv) Has redefined the way to identify the patrimonology process; v) Proposed a Lexicon of Concepts for the study of Museology and Heritage, including a new  'Assessment Index of Museal Work‘; vi) Made the distinction between patrimonology process, museology process and memorial process, proposing ‗the relationship between these three processes‘ as the path to investigate the Museology as autonomous branch of knowledge.

 

Keywords: Development, Museology, Patrimonology, Memory, Heritage

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Publicado
Jul 2, 2014
Como citar
EDITORIAL, Conselho. O património perante o desenvolvimento - Pedro Cardoso. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], v. 46, n. 2, july 2014. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/4561>. Acesso em: 21 aug. 2019.
Secção
Teses & Dissertações concluídas no Dep. de Museologia da ULHT

Leia mais artigos do mesmo autor(s)

1 2 > >>