Modernização em museus: Museu Histórico Nacional e Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro, Brasil) - Maria da Conceição Guimarães

  • Conselho Editorial Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

Modernização em museus:  Museu Histórico Nacional e Museu Nacional de Belas Artes

(Rio de Janeiro, Brasil)

Tese de Doutoramento em Museologia de Maria da Conceição Alves de Guimarães (2012)

Orientador, Prof. Doutor Mário Caneva Moutinho, ULHT.

 

RESUMO

A Tese verifica as ações da modernização de edifícios de museus do Centro do Rio de Janeiro, Brasil, observando as exigências contemporâneas de uso e de conservação das características formais identitárias. Configura-se a hipótese de que a proteção da ambiência arquitetônica e urbanística histórica é fator que contribuiu para o desenvolvimento e eficácia das atividades museológicas.

Nesse contexto de exceção, os edifícios de museus de núcleos históricos são objetos de interesse, pois, além de identificar os usos e vocações pretéritas, estas construções contêm elementos formais e ambientais característicos das diferentes fases de constituição das cidades. As transformações dos principais espaços exteriores e interiores dos museus Histórico Nacional e Nacional de Belas Artes são estudadas com base em quadro referencial que articula as teorias patrimoniais, os fundamentos da Museologia Social e os temas de projeto de Arquitetura de Museus.

As condições e resultados da modernização desses espaços museológicos estão verificadas e comparadas face aos conceitos da Museologia Social e à eficácia das prescrições preservacionistas inscritas em documentos emitidos em reuniões de organismos internacionais.

Palavras-chave: Museologia Social; patrimônio arquitetônico; Museu Histórico Nacional; Museu Nacional de Belas Artes; Centro do Rio de Janeiro.

 

ABSTRACT

The Thesis notes the actions of modernization of museum buildings of Rio de Janeiro’s downtown, observing the contemporary requirements of use and conservation of the formal identity’s features. Set up the Hypothesis that the maintenance of architectural and urban ambience would be a contributing factor to the development and effectiveness of museum activities.

In this exceptional context, the museum buildings of historical cores were objects of interest because, in addition to identifying the preterit uses and vocations, these buildings contain formal elements and environmental characteristics of the different ages of city’s formation.

The transformations of the major interior and exterior spaces of the Histórico Nacional and Nacional de Belas Artes museums are studied based on frame that articulates the conservation theories properties, the grounds of Social Museology and the basic themes of museum’s architectural design.

The conditions and results of these museums modernization are checked and compared against the concepts of New Museology and the effectiveness of the conservation requirements listed in documents issued in international organizations meetings.

Key words: Social Museology, architectural heritage, Museu Histórico Nacional, Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro’s downtown.

Publicado
2014-07-03
Como Citar
Editorial, C. (2014). Modernização em museus: Museu Histórico Nacional e Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro, Brasil) - Maria da Conceição Guimarães. Cadernos De Sociomuseologia, 47(3). Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/4564
Secção
Teses & Dissertações concluídas no Departamento de de Museologia-ULHT