Valorização e Musealização do Património no Meio Urbano: Caso das Pinturas Murais Públicas da Cidade de Lisboa

  • Catarina Figueiredo Departamento de Museologia - Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, Portugal

Resumo

Importa compreender a função da museologia como um processo de transmissão de 
conhecimentos, heranças e memórias coletivas, premiando a comunicação. Nos dias de hoje, 
em plena globalização e com as novas tecnologias em expansão, coloca-se o desafio de 
adaptar as políticas e as práticas museológicas numa museologia interdisciplinar, 
compreendendo as valências das novas tecnologias de informação (TIC) a favor da 
Sociomuseologia.  Neste artigo, procura-se relacionar a museologia com o património mural, tendo por base a identificação prévia dos locais de pintura mural, bem como dos edifícios onde estas estão 
inseridas. Pretende-se analisar a sua história, os seus autores e arquitetos, encomendadores, e 
realizar um enquadramento sociocultural, que prevaleceu na Cidade de Lisboa (Portugal) 
durante o Estado Novo, com particular relevância histórica e museológica. 
Proporcionar, um conhecimento pela arte mural, compreendendo o seu papel na sociedade de 
hoje e contextualizando-a à época em que foi executada. Interpretar a simbologia e a 
importância sociocultural que os murais tiveram durante o período do Estado Novo e que 
adquirem ainda hoje. Analisar o significado ideológico dos espaços públicos, percebendo o 
processo de espaço “sacralizado” ao “dessacralizado”.  Importa então, vir a responder às seguintes perguntas de investigação: 
• Qual a importância de musealizar o património mural da Cidade de Lisboa? 
• Que simbologias transportam as referidas pinturas murais? 
• Qual o significado ideológico dos Espaços Públicos?  
• Que vantagens trazem as novas tecnologias para a Museologia? 

Palavras-chaves: Museologia e comunicação; Património; Pinturas Murais; Simbologia; 
Espaços Públicos. 



Publicado
2015-09-27
Como Citar
Figueiredo, C. (2015). Valorização e Musealização do Património no Meio Urbano: Caso das Pinturas Murais Públicas da Cidade de Lisboa. Cadernos De Sociomuseologia, 49(5). https://doi.org/10.36572/csm.2015.vol.49.03