O Fascínio do Património e dos Museus: Entrevista com Hugues de Varine

  • Ana Carvalho Investigadora, Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades (CIDEHUS) da Universidade de Évora

Resumo

Resumo:

Hugues de Varine (1935-) é uma figura marcante na museologia, especialmente uma museologia com uma forte componente social. Varine é consultor na área do desenvolvimento comunitário, colaborando em projectos ligados ao património e museus em vários países (França, Itália, Espanha, Portugal, Brasil, entre outros). Formou-se na Universidade de Paris em História e Arqueologia. Ocupou vários cargos de relevo na gestão de instituições culturais, entre os quais se destaca o seu papel na direcção do Conselho Internacional de Museus (ICOM), lugar que ocupou entre 1968 e 1974, primeiro como adjunto de Georges Henri Rivière e depois como seu sucessor. Tem tido uma relação de proximidade com Portugal desde a década de 1980, altura em que esteve à frente do Instituto Franco Português (1982-1984), em Lisboa. Uma edição brasileira do seu livro Raízes do Futuro: O Património a Serviço do Desenvolvimento Local (Medianiz) foi publicada em 2012 e está prevista a reedição de L’Initiative Communautaire: Recherche et Expérimentation (1991) pela mesma editora. Escreve regularmente no blogue world-interactions.eu (http://hugues-interactions.over-blog.com) sobre património cultural e desenvolvimento. Aproveitámos a passagem de Varine por Lisboa na Primavera de 2013 para realizar esta entrevista. Património (material e imaterial), memórias, museus, sustentabilidade, crise e inovação estão entre as palavras-chave desta conversa.

Palavras-chave: nova museologia; ecomuseu; museu comunitário; património cultural; Hugues de Varine

Abstract:

Hugues de Varine (1935-) is a leading figure in museology, specially a museology with a strong social role. He is a consultant in community development in several countries (France, Italy, Spain, Portugal, Brazil, among others). He is graduated in History and Archaeology from the University of Paris. He has managed several cultural organisations, one of which was International Council of Museums (ICOM), between 1868 and 1974, first assisting Georges Henri Rivière, and then succeeding him. Varine’s relation to Portugal begins in the eighties, when he was head of the Institut-Franco Portugais, in Lisbon. He is the author of numerous articles and books, including Raízes do Futuro: O Património a Serviço do Desenvolvimento Local, which has been republished in Brazil (2012, Medianiz), and, a re-edition of L’Initiative Communautaire: Recherche et Expérimentation (1991) is expected. Author of the blog world-interactions.eu (http://hugues-interactions.over-blog.com), where he writes about cultural heritage and development. In this interview, done in Spring 2013, Varine talks about cultural heritage (tangible and intangible), museums, sustainability, the crisis post-2008 and innovations.

Keywords: new museology; ecomuseum; community museum, cultural heritage; Hugues de Varine

 

Publicado
2015-09-27
Como Citar
Carvalho, A. (2015). O Fascínio do Património e dos Museus: Entrevista com Hugues de Varine. Cadernos De Sociomuseologia, 49(5). Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/5203