Sociomuseologia e Arqueologia Pós-processual: conexões no contexto brasileiro contemporâneo

  • Camila Moraes Wichers Doutorada em Arqueologia pela Universidade de São Paulo, Brasil(2012), Professor Adjunto da Universidade Federal de Goiás , Brasil

Resumo

Nesse artigo sintetizo aspectos fundamentais da musealização do patrimônio arqueológico. Inicio o texto com uma breve caracterização do campo da Arqueologia no Brasil. Passo, em seguida, ao delineamento de algumas premissas que nortearam a construção da pesquisa, ressaltando a necessária interface entre a Arqueologia e a Museologia. Apresento, então, o entrelaçamento entre a Sociomuseologia e as vertentes da arqueologia pós-processual como caminho de superação dos obstáculos evidenciados no contexto contemporâneo. Por fim, sintetizo o estudo de caso da tese, onde apliquei as perspectivas da Sociomuseologia na concepção de um programa de socialização dos recursos arqueológicos resgatados no âmbito da Ferrovia Transnordestina. O programa delineado foi entendido enquanto síntese da complexa, mas necessária, teia de relações entre Museologia e Arqueologia no cenário brasileiro contemporâneo. 

Palavras Chave: Património arqueológico; Arqueologia e museologia; Arqueologia Pós-processual;

 

Publicado
2016-06-26