Ecomuseu Ilha Grande: musealização e construção coletiva.

  • Vivianne Valença Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Museologia e Patrimônio - PPGPMUS / Unirio
  • Gelsom Rozentino Coordenador adjunto do Programa de Pós-graduação em História Social, Coordenador do Ecomuseu Ilha Grande.

Resumo

O trabalho tem como objetivo analisar o processo de musealização realizado pelo Ecomuseu Ilha Grande. Destacamos a relação entre teoria e prática de um Ecomuseu, priorizando a atuação integrada das comunidades que habitam a Ilha Grande e seu envolvimento na musealização do território e na definição dos seus patrimônios. A fundamentação teórico-conceitual envolve as noções de território, sociedade, patrimônio integral, participação comunitária, desenvolvimento local e meio ambiente. O procedimento metodológico adotado foca especialmente a comunidade de Vila Dois Rios, onde está a sede do Ecomuseu Ilha Grande e utiliza a proposta de Laboratório Experimental, entendendo a Vila e sua comunidade como espaço de construção coletiva.

Palavras-chave: Ecomuseu Ilha Grande; Musealização; Comunidade; Patrimônio.

Publicado
2020-06-03
Como Citar
Valença , V., & Rozentino , G. (2020). Ecomuseu Ilha Grande: musealização e construção coletiva. Cadernos De Sociomuseologia, 59(15), 77-102. https://doi.org/10.36572/csm.2020.vol.59.04