Formação para a diversidade de gênero e ações de visibilidade da população LGBT em museus de Belo Horizonte

  • Jezulino Braga Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Resumo

Neste texto debato ações de visibilidade da população LGBT nos museus de Belo Horizonte-MG e apresento atividade acadêmica curricular, ofertada no curso de Museologia da UFMG com o tema da diversidade de gênero. Acredito que os museus podem contribuir para a superação das fobias de condição sexual, identidade e gênero. Nesta perspectiva importa os processos museais, as inquirições por meio das coleções, os procedimentos e metodologias a partir de um problema. Analiso as ações implementadas, no sentido de evidenciar as experiências da população LGBT, por meio da programação dos Museus de Belo Horizonte nos últimos 10 anos. O período coincide com a criação do curso de museologia na Universidade Federal de Minas Gerais. Destaco, ainda, a importância do debate sobre gênero e diversidade nas atividades acadêmicas curriculares deste curso. Apresento como conclusão desse estudo a necessidade de maior investimento em uma museologia política e afirmativa, capaz de combater a homolesbotransfobia, buscando, dessa forma,  uma sociedade justa e igualitária.

Palavras chaves: Museus; Museologia;LGBT; Diversidade

Publicado
2021-04-29
Como Citar
Braga, J. (2021). Formação para a diversidade de gênero e ações de visibilidade da população LGBT em museus de Belo Horizonte. Cadernos De Sociomuseologia, 61(17), 109-129. https://doi.org/10.36572/csm.2021.vol.61.05