Capitulo I - PORTUGAL NA 1.ª METADE DO SÉCULO XX

  • Luís Filipe Raposo Pereira Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

1.1 Ditadura Militar

Mais do que discorrer exaustivamente sobre todos os momentos históricos ocorridos na primeira metade do século XX este capitulo procura sistematizar de uma forma coerente e devidamente contextualizada os factos e as premissas que presidiram à fundação do Estado Novo assim como a matriz cultural e ideológica traçada pelo mesmo entre 1932-1974.

Sendo o século XX um dos períodos mais ricos e férteis na História da Humanidade em termos de acontecimentos políticos, sociais e culturais, a circunscrição científica estabelecida ao longo deste capitulo a um espaço temporal extremamente reduzido – entre 1926 início da Ditadura Militar e 1933 período de Institucionalização do Estado Novo –, imperativo metodológico ditado pela orgânica funcional dos diferentes conteúdos da dissertação, deve ser vista enquanto um entendimento parcial afecto ao momento concreto que presidiu ao surgimento do Museu de Arte Popular, refractária dessa mesma dinâmica conjuntural na qual Portugal se inscreveu e de que tomou parte enquanto interveniente activo, possuidora de uma complexidade muito mais vasta e abrangente do que a exclusivamente retratada.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

##plugins.generic.usageStats.noStats##
Publicado
Feb 27, 2012
Como citar
RAPOSO PEREIRA, Luís Filipe. Capitulo I - PORTUGAL NA 1.ª METADE DO SÉCULO XX. Cadernos de Sociomuseologia, [S.l.], n. 39, feb. 2012. ISSN 1646-3714. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/2668>. Acesso em: 21 aug. 2019.